Consumo,  Media,  Sustentabilidade

MAGG: Vestido reutilizado e confetis feitos de folhas das árvores. Assim se faz um casamento zero waste

Joana defende que a sustentabilidade não é só ambiental. “É a maior urgência, é certo, mas a urgência somos nós”, garante. E, por isso, a sustentabilidade do casamento de Joana e de Martim nota-se no facto de terem trocado o arroz por confetis feitos de flores e folhas secas ou nas argolas de cortinado que passaram a enrolar os guardanapos, mas nota-se sobretudo no cuidado com o impacto na comunidade.

Já Joana Tadeu, quando casou, pediu para que cada um levasse comida para que juntos pudessem fazer um piquenique. Da bebida e da sobremesa tratavam ela o marido, Martim, e fizeram questão de servir apenas vinho e espumante português e um gelado de iogurte feito pela empresa de um amigo. Ler mais >

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *